Jornal Tudo BH
Banner
Economia
Vendas no varejo em BH têm queda de 1,85% em junho
Segundo a CDL/BH, comércio foi afetado pela inflação e as manifestações na capital
13 de August de 2013 | 11h 54 - Autor(a) Redação*
Segundo pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), divulgada nesta terça-feira (13), o comércio varejista da capital fechou o mês de junho com queda de 1,85%, na comparação com maio. Em relação ao mesmo o mesmo período do ano anterior, houve crescimento de 0,22%.
 
De acordo com a CDL/BH, a queda nas vendas foi influenciada pela alta na inflação e as manifestações que tomaram as ruas da capital em junho. 
 
“O aumento dos preços tem levado os consumidores à cautela quanto às suas despesas, evitando acumular muitos gastos e, como consequência, diminuindo o consumo”, explicou o presidente da CDL/BH, Bruno Falci. “Além disso, o mês de junho foi marcado por um grande número de manifestações na capital mineira, levando muitos comerciantes a fecharem as portas, o que colaborou para redução das vendas”, completou.
 
Segundo o presidente da CDL/BH, apesar do típico incremento nas vendas em função do Dia dos Namorados, o aumento do nível de preços contribuiu para um menor crescimento nesta base de comparação. “Com o aumento da inflação, a capacidade de compra fica comprometida, em função do encarecimento geral dos bens e serviços. Assim os consumidores reduzem seu nível de consumo, impactando negativamente nas vendas”, afirmou Bruno Falci.
 
Os setores que apresentaram crescimento nesta base de comparação foram: supermercados e produtos alimentícios (+3,05%); artigos diversos que incluem acessórios em couro, brinquedos, óticas, caça, pesca e cutelaria, material esportivo, material fotográfico, computadores e periféricos e artefatos de borracha (+2,41%); máquinas, eletrodomésticos, móveis e louças (+1,21%) e tecidos, vestuário, armarinho e calçados (+1,06%). Os setores que apresentaram queda foram: veículos novos e usados (-2,21%);  ferragens,  material elétrico e de construção (-1,95%); papelarias e livrarias (-1,88%) e produtos farmacêuticos, odontológicos e veterinários (-0,71%).
 
No primeiro semestre de 2013, comparado com o mesmo período do ano passado, o comércio varejista de Belo Horizonte fechou com crescimento de 3,99%. Para o presidente da CDL/BH o desempenho positivo neste período é resultado do nível de desemprego em patamares baixos e a oferta de crédito que ainda mostra expansão significativa apesar dos recentes aumentos da taxa básica de juros.
 
Os setores que apresentaram crescimento neste período (Jan-Jun.13/Jan-Jun.12) foram: máquinas, eletrodomésticos, móveis e louças (+4,65%); tecidos, vestuário, armarinho e calçados (+3,9%); ferragens, material elétrico e de construção (+3,83%); papelaria e livrarias (+3,77%); artigos diversos (+3,75%); supermercados e produtos alimentícios (+3,28%) e produtos farmacêuticos (+1,14%). O setor que apresentou queda foi o de veículos novos e usados (-1,86%).
 
*Com informações da CDL/BH
Nome* E-mail* Telefone* Comentário* Código de Verificação Digite o código* *Campos de preenchimento obrigatório.
Seu Nome* Seu e-mail* Enviar para (se quiser enviar para mais de um destinatário, separe usando ponto e vírgula)* Mensagem Código de Verificação Digite o código *Campos de preenchimento obrigatório.
Tópicos: Consumidor, Economia, pesquisa, vendas, Comércio em BH, cdl/bh, queda nas vendas, Vendas no varejo, comércio varejista
  TODAS AS NOTÍCIAS DE Economia
« | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | »
Revista Viver Brasil
Viver Casa
Viver Casa